Reuso de lodo de estação de tratamento de água (E.T.A.) na fabricação de tijolos cerâmicos

As estações de tratamento de água (E.T.A.) vêm buscando soluções de reciclagem para os resíduos gerados no processo de tratamento de água os denominados de lodo de E.T.A.. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo avaliar tecnicamente a viabilidade da incorporação do lodo para a fabricação de tijolos cerâmicos. Para tanto, incorporou-se proporções de 10%, 20% e 30% (em peso) de lodo proveniente da E.T.A.

Cabuçu/SAEE – Guarulhos na argila para a fabricação de tijolos cerâmicos. Corpos de prova com dimensões de (230 x 110 x 55) mm foram avaliados através de ensaios de resistência mecânica à compressão, absorção de água e retração linear. Os resultados demostram que a retração linear da massa cerâmica diminui com o incremento de lodo. No entanto, adições superiores a 10% em peso de lodo de E.T.A., aumentam ligeiramente a absorção de água e diminuem a resistência mecânica. Os dados indicam a possibilidade de incorporação do lodo no processo de fabricação de tijolos cerâmicos com doses de até 10%.


Para saber mais sobre a notícia: Reuso de lodo de estação de tratamento de água (E.T.A.) na fabricação de tijolos cerâmicos acesse aqui


Fonte: Portal Saneamento Básico, 2019. Foto: TEM Sustentável.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001