Renovação de mercados e da pauta importadora catarinense, os destaques de 2018

As exportações de Santa Catarina, em dezembro de 2018, somaram US$ 773,63 milhões, e as importações US$ 1.053,46 milhões. Na comparação com o mês anterior, houve avanço de 1,25% nas exportações e recuo de -22,39% nas importações. No confronto com o mesmo mês do ano anterior, as variações foram de 6,73% e de 9,44%, respectivamente. Esse resultado representa um crescimento de 5,18% nas vendas do ano e de 22,95% nas compras de 2018.


Destaques do Comércio Exterior Catarinense

Com o maior valor exportado para um mês de dezembro da história, as vendas catarinenses seguem em ritmo de crescimento. Os valores de 2018 se aproximam do recorde de exportações de 2011, quando somaram US$ 8,97 bilhões. Em relação ao ano anterior, o crescimento acumulado é de 5,18%, enquanto que para o mês de dezembro é de 6,73% superiores a dezembro de 2017.

Entre os produtos exportados destacam-se as Carnes de Aves que mesmo em cenário de embargos desde dezembro de 2017 manteve crescimento no ano, alcançando valores 5,55% superiores ao do ano anterior e se mantendo como principal produto exportado no ano.

Tal desempenho de crescimento nos principais produtos catarinenses está associado a expansão de novos mercados. No caso das Carnes de Aves, houve aumento das vendas para os países árabes, enquanto que a venda de Soja (segundo principal produto exportado no estado) foi destinada especialmente para a China. Esta, por sua vez, destacou-se por representar o principal destino das vendas catarinenses no ano, posto que era tradicionalmente ocupado pelos Estados Unidos da América. No acumulado do ano, as vendas para a China apresentaram evolução de 46%, totalizando 16% do total exportado por Santa Catarina. Os demais mercados compradores de produtos catarinenses, tais como Estados Unidos da América, Argentina, México e Japão tiveram quedas no período.

Além de ser o principal destino, a China também se consolida como a principal origem dos produtos importados por Santa Catarina. Os produtos chineses tiveram um crescimento de 20% no ano, impulsionados pela compra de Ferros laminados e Aquecedores Elétricos.

A aquisição de veículos também foi destaque no ano de 2018, que se tornou o segundo principal produto comprado por Santa Catarina, atrás apenas de Cobre refinado. A importação de carros teve crescimento de cerca de 300%, vindos da Argentina e México, principalmente. Como já mencionado nos relatórios anteriores, este aumento se deve às facilitações de desembarque destes produtos implementadas pelos portos catarinenses.


Exportações de Santa Catarina


Em dezembro de 2018, as exportações catarinenses somaram US$ 773,63 milhões, representando uma ampliação de 6,73% frente ao mesmo mês de 2017 (representando 3,96% das vendas totais do Brasil). No comparativo com o mês anterior, houve crescimento de 1,25%. As exportações brasileiras, por sua vez, cresceram em relação ao mês do ano anterior (11,14%), alcançando o patamar de US$ 19,56 bilhões. Associado às importações, este valor deu origem a um superávit na balança comercial brasileira de US$ 6,65 bilhões.


Evolução das exportações de Santa Catarina em dezembro dos anos anteriores e taxa de crescimento no mês


Importações de Santa Catarina

As importações catarinenses do mês de dezembro de 2018 somaram US$ 1053,46 milhões, o que representa uma ampliação de 9,44% frente ao mesmo mês de 2017 (representando 8,16% das compras externas totais do Brasil). No comparativo com o mês anterior, houve recuo de -22,39%. As importações brasileiras, por sua vez, cresceram em relação ao ano anterior (2,52%), alcançando o patamar de US$ 12,91 bilhões.





Evolução das importações de Santa Catarina em dezembro dos anos anteriores e taxa de crescimento do mês



  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001