Queda do PIB argentino e taxa de juro estável são destaques nesta quinta (20/09)


Um dos destaques desta quinta-feira é a forte queda de 4,2% do PIB da Argentina no segundo trimestre deste ano. De acordo com o jornal Valor Econômico, essa queda ainda é reflexo da seca que reduziu a produção no campo. O restante da contração da economia no segundo trimestre, deve-se à crise cambial que teve início em maio.

No cenário econômico nacional, a decisão do COPOM em manter a taxa Selic estável em 6,5% ao ano é destaque. Conforme noticiou o Correio Braziliense, a manutenção da Selic era esperada pelo mercado e as apostas são de manutenção do patamar atual até o fim deste ano.


Confira todas as matérias de destaque:

Economia

Comitê de Política Monetária mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano - G1


Indicação do Copom de manutenção dos juros deve acalmar mercado - Veja


BC diz que pode elevar taxa de juro se cenário piorar - Estado de Minas


Dólar cai a R$ 4,124, menor valor em mais de uma semana; Bolsa também recua - UOL


"Brasil não tem a posição no mercado que tinha no século 19" - Terra


Internacional

Economia da Argentina 'encolhe' 4% no segundo trimestre - G1


Turquia corta projeções de crescimento e espera salto na inflação - Estado de Minas


Política

Tabelamento do frete não é algo sustentável, diz ministro da Fazenda - UOL


Datafolha: Bolsonaro tem 28%, Haddad vai a 16% e Ciro lidera 2º turno - Valor


Foto: Alan Santos/PR.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001