Painéis solares embutidos em roupas podem carregar celular

Atualizado: 18 de Jan de 2019

Roupas embutidas com minúsculas células solares do tamanho de uma pulga podem permitir que os usuários gerem eletricidade em movimento e carreguem itens como telefones celulares e relógios inteligentes, segundo a Nottingham Trent University, que desenvolveu uma maneira de incorporar células solares miniaturizadas em fios que podem depois ser tricotado e tecido em têxteis.


A tecnologia foi testada e comprovada para carregar um telefone celular e um Fitbit. As células são encapsuladas em uma resina que permite que o tecido seja lavado e usado como qualquer outra forma de roupa.


Medindo apenas três milímetros de comprimento e 1,5 milímetros de largura, as células são quase invisíveis a olho nu e não podem ser sentidas pelo usuário. Para todos os efeitos, as roupas parecem exatamente iguais a qualquer outra forma de vestuário, apesar de terem a capacidade de gerar eletricidade.


“Ao incorporar células solares miniaturizadas em fios, podemos criar roupas e tecidos que geram energia de maneira sustentável", disse o professor da Escola de Arte e Design. “As roupas ficariam e se comportariam como qualquer outro tecido, mas dentro das fibras haveria uma rede de células miniaturizadas que estão criando eletricidade.”


“Isso poderia acabar com a necessidade de conectar itens em tomadas de parede e reduzir a demanda na rede enquanto corta as emissões de carbono. Até 200 células miniaturizadas podem gerar 2,5-10 volts e até 80 miliwatts em potência. O Grupo de Pesquisa de Têxteis Avançados da universidade fez uma prova de conceito têxtil de 5cm por 5cm com 200 células.


Isso se mostrou poderoso o suficiente para carregar um celular e um Fitbit, de acordo com os pesquisadores. Eles dizem que se 2.000 células solares fossem incorporadas a um tecido, geraria energia suficiente para carregar um smartphone. "Esta é uma tecnologia excitante que pode revolucionar a maneira como pensamos sobre energia solar, roupas e tecnologia vestível", comentou uma das pesquisadoras que desenvolveu o protótipo como parte de seu doutorado na universidade.


“Com a disponibilidade de células solares miniaturizadas, podemos gerar energia de várias maneiras, utilizando coisas como roupas, acessórios de moda, têxteis e muito mais. Isso permitirá que os dispositivos móveis sejam carregados de maneira ecologicamente correta, o que é mais conveniente para os consumidores do que nunca ”.


Para saber mais sobre a notícia: Painéis solares embutidos em roupas podem carregar celular acesse aqui


Fonte: Innovation in Textiles, 2019. Fotos: Innovation in Textiles

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001