Indústria de SC cresce em faturamento, utilização da capacidade instalada e horas trabalhadas

Apesar da queda no mês, indicador de vendas industriais apresentam aumento de 13,4% no ano. Massa salarial e Pessoal Empregado mostraram crescimento em setembro, mas mantém tímido crescimento em 2018. Considerando a evolução em todos os indicadores, os setores participantes da cadeia automobilística de Santa Catarina, como produção de Veículos e Produtos de Metal, consolidam significativos aumentos no ano.



Vendas Industriais


Em setembro de 2018, o faturamento real teve decréscimo de -7% em relação ao mês anterior, com a influência sazonal, a variação é de -3,6%. Em comparação com o mesmo mês do ano anterior, há um crescimento de 12,03%. Das 14 atividades pesquisadas pela FIESC, 10 tiveram acréscimo neste comparativo, sendo as maiores variações positivas observadas em Produtos alimentícios (32,6%), em Produtos de metal (24,2%) e em Produtos de madeira (17,4%). Já entre as menores taxas estão as atividades de Máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-3,8%), Minerais não metálicos (-2,9%) e Informática e eletrônicos (-2,8%).

No acumulado do ano, o crescimento é de 13,4%, sendo observado avanço em 13 das 14 atividades, nas quais as maiores ampliações estão em Produtos alimentícios (33,6%), em Produtos de metal (26,8%) e em Vestuário e acessórios (23,3%). Os menores desempenhos ocorrem em Celulose e papel (-2,3%), em Borracha e material plástico (1,7%) e em Produtos têxteis (3,3%).



Time Observatório FIESC:

Carolina Custódio

Edilene Cavalcanti dos Anjos

Henrique Reichert


  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001