Google disponibiliza nova ferramenta de busca de dados científico

No segundo semestre de 2018 a Google disponibilizou mais uma ferramenta para os seus usuários. A plataforma Dataset Search tem como objetivo reunir todos os conjuntos de dados científicos, atualmente fragmentados, em um único portal, facilitando as pesquisas realizadas pela comunidade acadêmica.



Página inicial da nova ferramenta do Google para pesquisadores. (Foto: Divulgação)

A ferramenta já amplamente conhecida nesta área é o Google Scholar (Google Acadêmico). O diferencial da Dataset Search é conter no seu repositório os mais variados tipos de estudos, (como por exemplo: sites de editores, agências governamentais e instituições de pesquisa, bibliotecas digitais, páginas pessoas de cientistas, entre outras), sendo que na base até então existente constava apenas artigos e relatórios de pesquisa.




Uma visão geral da tecnologia por trás do Google Dataset Search


A nova ferramenta terá papel fundamental no campo científico, especialmente em áreas que utilizam grandes volumes de dados. Por estar no início do processo de validação, constam na base informações sobre dados de ciências ambiental, ciências sociais e de pesquisa governamental. Outro limitador da ferramenta é fazer busca somente com termos em inglês. No entanto, tanto a quantidade de conjunto de dados disponíveis, quanto as linguagens aceitas nas buscas, aumentará continuamente à medida que o serviço se torne mais popular. O que beneficiará todas as áreas do conhecimento e tornará uma facilitadora de acesso a informações, principalmente nas áreas interdisciplinares.


A expectativa é que esse novo mecanismo de busca se torne o melhor amigo de um cientista. Ao utilizar a Google Dataset Search, esse pesquisador contará com uma lista de bases (repositórios) e fornecedores de dados desejados. A notícia boa é que em alguma das unidades pode conter o conjunto de dados que ele tanto precisa, porém antes, como as informações estavam dispersas tinha-se dificuldade de encontrá-las.


Assim a perspectivas com essa nova base de dados é que a comunidade científica encontre facilmente um conjunto de dados útil, possibilitando que os usuários façam descobertas assertivas e economizem tempo, e cientistas e jornalistas gastam menos tempo pesquisando dados e mais tempo analisando-os.


Fonte:

Google AI Blog

Direto da Ciência

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001