Expectativas dos empresários para 2019 são otimistas

A Sondagem Industrial de dezembro mostra queda do volume de produção e do número de empregados. Mesmo diante desse cenário, as perspectivas dos empresários para os próximos seis meses são otimistas. Há expectativa de aumento da demanda e quantidade exportada, além do aumento de compras de matérias primas e do número de empregados. A intenção de investir também está em alta.



A intenção de investir do empresário catarinense cresceu 2,7 pontos em janeiro, atingindo 68,4 pontos. Esse é o sexto aumento consecutivo do indicador, que estava em trajetória de queda desde abril de 2018. Na comparação com o mesmo mês de 2018, o crescimento foi de 4,8 pontos. No Brasil, a intenção de investir registra aumento de 0,6 ponto atingindo o patamar de 56,1 pontos.


O índice de intenção de investir varia de 0 a 100. Quanto maior é o índice, maior a intenção de investir.


De acordo com a Confederação Nacional das Indústrias (CNI) esse é o quarto aumento consecutivo. O valor é 3,1 pontos superior ao registrado em janeiro de 2018 e é o maior desde abril de 2014, quando registrou 57,7 pontos.


Utilização da Capacidade Instalada – UCI

(efetiva em relação ao usual)


O índice de utilização da capacidade instalada efetiva em relação ao usual de dezembro caiu 2,7 pontos em relação ao mês de novembro, atingindo 45,8 pontos. O índice continua distante da linha divisória dos 50 pontos, o que significa que atividade industrial do mês de dezembro de 2018 está abaixo do considerado usual pela indústria. No Brasil, a UCI atingiu 41,7 pontos em dezembro, uma queda de 1,8 pontos em relação a novembro. De acordo com a CNI, o índice é o maior para o mês dos últimos cinco anos, se igualando ao observado em 2013.


Nível de Estoques

(efetivo em relação ao planejado)


O índice de evolução do nível de estoques registrou 51,9 pontos em dezembro, mostrando leve queda de 0,4 ponto em relação a novembro, indicando que os estoques estão se aproximando do nível usual. Índices acima de 50 pontos indicam crescimento dos níveis de estoques acima do planejado. No Brasil, o indicador ficou em 48,9 pontos, indicando nível de estoques abaixo do planejado.


Situação Financeira das Empresas no 4º trimestre de 2018


Na edição deste mês da Sondagem Industrial apresenta também os resultados da situação financeira das empresas. Em Santa Catarina, houve piora generalizada das condições no último trimestre de 2018. O índice de satisfação com o preço das matérias-primas foi o que registrou maior recuo (8,9 pontos no trimestre), registrando 63,9 pontos.

No Brasil, de acordo com a CNI, as condições financeiras das empresas pioraram no último trimestre de 2018. O índice de satisfação com o lucro operacional recuou de 42,4 pontos no 3º trimestre para 42,0 pontos, enquanto o índice de satisfação com a situação financeira caiu de 46,9 pontos para 46,1 pontos.


Expectativas da Indústria em Janeiro de 2019


As perspectivas dos empresários catarinenses para os próximos 6 meses estão em alta e acima da linha divisória dos 50 pontos, indicando o otimismo dos empresários para 2019. O crescimento mais expressivo foi observado na perspectiva do número de empregados, que avançou 3,7 pontos e registrou 57,6 pontos em dezembro.


De acordo com a CNI, as expectativas dos empresários tornaram-se mais positivas nesse início de 2019. Os índices de expectativa de demanda, compras de matérias-primas e quantidade exportada cresceram mais de 2 pontos cada entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019. Todos os índices se distanciaram dos 50 pontos, em especial o de expectativa de demanda que superou 60 pontos, o que não acontecia desde abril de 2013.


A pesquisa foi realizada com 121 empresas no período compreendido entre 7 a 19 de janeiro de 2019.


  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001