Crescimento da atividade econômica e queda na cotação do dólar em destaque (18/10)


O Banco Central divulgou ontem (17/10) o indicador que mede o nível de atividade econômica do Brasil e dos estados. Os resultados mostram crescimento pelo terceiro mês consecutivo, conforme noticiou a Agência Brasil. O aumento em agosto foi de 0,47%. De acordo com o Valor Econômico, o crescimento da atividade ficou acima das estimativas de economistas colhidas pelo Valor Data, de variação positiva de 0,28%, com projeções indo de recuo de 0,2% a aumento de 0,9%.


A queda na cotação do dólar também é destaque no cenário nacional. No dia 17/10 a cotação foi a menor desde maio deste ano. De acordo com o jornal Correio Braziliense, puxado pela boa recepção das declarações do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), de que manterá o Banco Central independente para definir a taxa básica de juros (Selic), além de assegurar um câmbio flutuante. O dólar foi negociado a R$ 3,683 para venda, com baixa de 1,02%.

Confira todas as matérias em destaque: Economia

Atividade econômica registra terceiro mês seguido de crescimento - Agência Brasil


Dólar fecha abaixo de R$ 3,70 pela primeira vez em quase 5 meses - G1


Bandeira vermelha ameaça meta do IPCA, diz Bradesco - Valor


O mapa das startups de Santa Catarina - Diário Catarinense


Shell prevê investir até US$ 14 bi em óleo e gás no Brasil até 2025 - Valor

Internacional

Fed sinaliza continuar com aumentos graduais nas taxas de juros - G1


Mercado passa por novo teste com PIB da China - Valor


Brasil aciona o mecanismo de disputa na OMC contra China - Valor

Política

Um ano negativo para a infraestrutura - Estadão


Reduzir tarifas não é suficiente, afirma Troyjo - Valor


Foto: Rafael Neddermeyer.


  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001