Conheça os municípios com mais registros de acidentes de trabalho em SC, 2017

Atualizado: 7 de Nov de 2018

O estado de Santa Catarina registrou 25.233 comunicações de acidentes de trabalho (CAT) no ano de 2017. Dados disponibilizados pelo Observatório Digital de Saúde e Segurança de Trabalho1 revelaram que 54,3% das CAT registradas foram na Indústria (13.707 casos, e taxa de incidência de acidentes de 20,96 a cada 1.000 trabalhadores)*, seguido do setor de Serviços, com 43,6% das CAT (11.011 casos e taxa de 11,21). Número menos expressivo foi registrado para o setor de Agropecuária (400 casos e taxa de 1,6)**.


Meio Ambiente foi o setor industrial com maior taxa de incidência de CAT em 2017, seguido de Metal-Mecânica & Metalurgia e Indústria Extrativa. Destaca-se que apesar de, em números absolutos, o setor da Construção Civil apresentar uma maior quantidade de registros de acidentes, quando considera-se os valores ponderados pela média de vínculos (acidentes a cada 1.000 trabalhadores) o setor ocupa a 13º posição no Estado entre os 21 setores econômicos analisados.



A análise do ramo de atividade econômica entre os municípios do estado, com mais de 200 registros de CAT no ano de 2017, mostra que Joinville, Florianópolis e Chapecó lideraram o ranking no setor industrial, com taxas de incidência de acidentes de trabalho de 42,55; 34,99; e, 33,12; respectivamente.


10 municípios catarinenses, com registro de 200 ou mais CAT, classificação por ordem da taxa de acidentes na indústria, 2017.

O município de Joinville se manteve entre os 3 municípios com mais registros de CAT no setor de Serviços. Entretanto, Itajaí e Palhoça apresentaram taxas de acidentes mais elevadas.


10 municípios catarinenses, com mais de 200 registros de CAT, classificação por ordem de taxa de acidentes em Serviços, 2017.

Não estão incluídos nesta análise os acidentes de trabalho sem CAT. Para maiores detalhes das CAT registradas em todos os municípios de Santa Catarina, por setor econômico acesse o Portal Setorial FIESC.


Fonte: Observatório Digital de Saúde e Segurança no Trabalho - Smartlab de Trabalho Decente MPT - OIT. 2017. Dados acessados em outubro de 2018. Disponível em: http://observatoriosst.mpt.mp.br


Time Observatório FIESC:

Angélia Berndt

Camilie Pacheco Schmoelz

Danielle Biazzi Leal

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001