Carta da Indústria | Santa Catarina

O desenvolvimento socioeconômico catarinense é o principal desafio do Estado e passa, necessariamente, pela ampliação da sinergia entre as diversas atividades produtivas e o setor público. Para promover a maior interação entre esses espaços para transformação, a FIESC divulga a Carta da Indústria, documento que consolida as principais demandas para o período 2019-2022 e que pode subsidiar decisões da esfera executiva e legislativa do governo estadual.

Resultado de um amplo debate realizado por meio de diversas oportunidades de interação do setor industrial, especialmente pelo Programa de Desenvolvimento Industrial Catarinense (PDIC) e pela Agenda de Desenvolvimento Regional, a Carta representa as demandas de diferentes setores e regiões do Estado, convalidadas em pesquisa com empresas e trabalhadores da indústria. A visão empresarial nela existente, formada por um olhar de Santa Catarina e para Santa Catarina, desenha as necessidades a serem atendidas para que se tenha um futuro de mais oportunidades.


A Carta da Indústria congrega as principais agendas já realizadas pela FIESC. Para as empresas, a validade estatística deste documento está em uma pesquisa de opinião realizada pelo Instituto Mapa com 335 indústrias de pequeno, médio e grande porte de todas as 16 vice-presidências de Santa Catarina, abarcando 12 rotas estratégicas do PDIC.


Fornecer os resultados dessa pequisa aos candidatos ao Poder Executivo Estadual em tempos de eleição é não somente uma das formas de a FIESC se posicionar ativamente na defesa dos interesses industriais catarinenses, mas também de incluir, no desenho dos planos de governo, as prioridades identificadas a partir de uma ampla articulação entre empresas, governo, terceiro setor e instituições de ensino.


Para alcançar esse objetivo, a Carta da Indústria traz os principais desafios em oito dimensões, que estão fortemente associadas com a competitividade industrial: os fatores estruturantes. Assim, além dos grandes temas macroeconômicos defendidos continuamente na pauta nacional pela CNI, os itens que norteiam o planejamento estratégico da indústria catarinense são:


Compreender o porquê da escolha de cada um destes fatores e conhecer a atual situação em que elas se encontram constitui-se um um passo decisivo para avançar nas demais etapas da construção do Mapa Estratégico da Indústria Catarinense, especialmente para definir aonde se quer chegar em 2022. Com base nisso, os fatores estruturantes são desdobrados em temas prioritários, que congregam as principais linhas de ação que conduzem à ampliação da competitividade do setor industrial. Cada tema prioritário é constituído por objetivos que, uma vez atendidos, enfrentam os principais gargalos a serem superados no Estado. Entretanto, para que a FIESC possa acompanhar o sucesso das iniciativas, são estabelecidos, sempre que possível, indicadores de desempenho e metas para 2022.


Confira a publicação completa e outros estudos no Portal Setorial da FIESC.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001