Baixa demanda interna preocupa industriais catarinenses

Os resultados da Sondagem Industrial catarinense de março mostram preocupação com a demanda interna, queda do volume de produção, da utilização da capacidade instalada e também do número de empregados. No Brasil o cenário também é de atenção por parte dos empresários, houve queda do número de empregados, no índice de produção, e na utilização da capacidade instalada.


Uma das principais preocupações apontadas pelos industriais é a baixa demanda interna, que aumentou mais de 10 pontos desde o último trimestre, nível próximo inferior apenas ao primeiro trimestre de 2017, quando a demanda interna insuficiente alcançou um valor de 47,7 pontos.



Para os próximos 6 meses, as expectativas também desaqueceram, mas mesmo diante desse cenário, as perspectivas dos empresários ainda são consideradas otimistas e projetam uma economia em crescimento neste ano de 2019. No Brasil, as expectativas dos empresários resultaram em queda do otimismo e da intenção de investir.



O índice de evolução da produção da indústria de Santa Catarina de março de 2019 registrou 51,9 pontos, queda de 4,4 pontos no mês. Mesmo em queda, o índice está acima da linha divisória dos 50 pontos. No Brasil, o indicador se manteve abaixo da linha divisória, fechando em 47,4 pontos no mês de março, 1,1 pontos menor que o resultado de fevereiro. Mesmo abaixo da linha divisória, é o maior valor para fevereiro para o Brasil dos últimos anos.


A Utilização da Capacidade Instalada cresceu 1 ponto percentual em relação a fevereiro, registrando 76% em março de 2019. No Brasil, a UCI manteve-se estável em 66% no mês, percentual que se repete pelo terceiro mês seguido.

O índice de utilização da capacidade instalada efetiva em relação ao usual de março caiu 4,9 pontos em relação ao mês de fevereiro, atingindo 47,4 pontos no mês. O índice ficou levemente abaixo da linha divisória dos 50 pontos, o que significa que atividade industrial do mês de março de 2019 está abaixo do considerado usual pela indústria. No Brasil, o índice de UCI efetiva em relação ao usual recuou após um crescimento de dois meses consecutivo, alcançando 41 pontos em março de 2019, com esse resultado, a atividade industrial segue abaixo do usual para o mês.


Os estoques cresceram 0,7 pontos, atingindo 55,7 pontos no mês. Com esse crescimento, o índice se afasta da linha divisória dos 50, indicando que o nível de estoques é excessivo. O índice de evolução do nível de estoques efetivo em relação ao planejado registrou 56,3 pontos em março, aumentando 2,1 pontos em relação a fevereiro, quando o indicador registrou 54,2 pontos. Índices acima de 50 pontos indicam crescimento dos níveis de estoques acima do planejado. No Brasil, o nível de estoques passou de 50,2 pontos em janeiro para 51,2 pontos em março. Com esse aumento, o índice se manter acima de 50 pontos, revelando que o nível de estoques está acima do planejado


As perspectivas dos empresários catarinenses para os próximos 6 meses desaqueceram, mas permanecem acima da linha divisória dos 50 pontos, indicando manutenção do otimismo dos empresários para 2019. A queda mais expressiva foi observada na demanda, que caiu 3,8 pontos, os demais fatores também apresentaram redução nos últimos meses, mas as perspectivas permanecem acima do resultado do mesmo mês em 2018.

De acordo com a CNI, as expectativas dos empresários a nível nacional também foram menos otimistas em março de 2019 em relação aos meses anteriores. No caso nacional, a queda mais expressiva ocorreu nas compras de matérias-primas, que declinaram 1,1 pontos. Apesar da queda, todos os fatores ainda se mantêm acima da linha de 50 pontos.

A intenção de investir do empresário catarinense também teve um aumento significativo, de 4,6 pontos na comparação com março. Após a maior variação negativa da série histórica ocorrida em fevereiro, este resultado retoma o crescimento ficando 1,9 pontos abaixo do maior valor registrado na série histórica em fevereiro de 2019.



No Brasil, a intenção de investir mostrou queda no mês, de 1,7 pontos, alcançando a marca de 53,7 pontos. Apesar da redução, a CNI destaca que o resultado da Intenção de investir em abril foi maior que o apresentado em abril de 2018, 0,8 ponto

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001