Atividade Econômica de Santa Catarina volta a cair em agosto

O Índice de Atividade Econômica Regional de Santa Catarina (IBCr-SC), calculado pelo Banco Central do Brasil e considerado como uma prévia do PIB, caiu -0,08% na passagem de julho para agosto. No Brasil, houve avanço de 0,07% nesse comparativo. No ano, a atividade econômica de Santa Catarina cresce 2,66% contra 0,66% observado no Brasil.



Quando comparada com agosto de 2018, a atividade econômica de Santa Catarina cresceu 0,64%. Os números do Banco Central ainda mostram que, no acumulado do ano, o indicador do nível de atividade catarinense registrou uma expansão de 2,66%. No cenário nacional, a variação de janeiro a agosto de 2019 em relação ao mesmo período do ano anterior foi de 0,66%, na série sem ajustes sazonais.



Na série com ajuste sazonal, o indicador catarinense registrou mais uma queda, cenário não observado para o Brasil, que recuperou a queda registrada no mês passado com crescimento 0,07%.


Assim, Santa Catarina figura entre os outros cinco estados que registraram queda na atividade econômica. Ainda que negativo, a queda é menor que a registrado em julho (0,25%) e a menor entre os demais registros negativos observados no país.


Entre as Regiões, destaca-se positivamente no ano o crescimento do Centro Oeste, que cresce 2,66% e posiciona-se à frente das Regiões Sul (2,53%), Norte (2,39%), Sudeste (1,94%) e Nordeste (0,73%).


Entre as Unidades da Federação que possuem indicadores de Atividade Econômica, o desempenho catarinense no ano é ultrapassado pelo estado do Amazonas, que tipicamente apresenta melhores resultados, e pelo estado de São Paulo, que cresceu 2,71% no ano e 0,52% no mês.



  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001