Coronavírus: previsões do PIB em queda - 17/03

Atualizado: Mar 30


De acordo com os Boletins Focus, divulgados pelo Banco Central do Brasil, as previsões de mercado para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) registraram crescimento consecutivo até a semana de 24/01/2020. Após esse período, as projeções seguem em queda atingindo uma taxa de crescimento de 1,68%. No entanto, as expectativas para o PIB de 2021 ainda permanecem estáveis, mantendo a expansão de 2,5%.


Fonte: BCB, Boletim Focus, 16/03/2020.


Outras instituições que realizam previsões econômicas também anunciaram nesta terça-feira (17/03) revisões para baixo das projeções de crescimento do PIB em 2020. O Santander reduziu a previsão do PIB de 2,0% para 1,0%, como reflexo dos efeitos econômicos causados pela pandemia do coronavírus. As instituições preveem contração econômica, causada pela desaceleração global, que será sentida neste primeiro semestre.



Devido ao cenário de incertezas é provável que ocorram mais revisões do PIB para baixo, inclusive pelas possíveis paralisações de atividades que podem ocorrer nas indústrias e economia como um todo.


Acompanhe mais informações atualizadas sobre o impacto do coronavírus em:

observatoriofiesc.com.br/contracorona



  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Iniciativa da FIESC - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001